Fundação São Francisco Xavier reabre Hospital de Cubatão

Reestruturação e modernização da unidade fortalecem compromisso com a comunidade de Cubatão e região.

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX), braço social da Usiminas nas áreas de saúde e educação, e a Prefeitura Municipal de Cubatão entregam hoje, 1º de dezembro, a primeira fase do projeto de reabertura do Hospital de Cubatão – Dr. Luiz Camargo da Fonseca e Silva, que estava fechado desde julho de 2016. Ao todo, serão investidos mais de R$ 9 milhões, que beneficiarão 419 mil habitantes da Baixada Santista. Entre os investimentos já concluídos (R$ 6 milhões), destacam-se os atendimentos de média complexidade, 75 leitos voltados para o SUS, Maternidade, Centro Cirúrgico e Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Até o final do mês, serão entregues mais 50 leitos para convênios.

“É uma grande vitória para toda a população de Cubatão, além de um reforço importante no sistema público de saúde da região. O Hospital estava abandonado e sem condições mínimas de oferecer atendimento digno a quem mais precisa. Foi um trabalho duro, um dos nossos maiores desafios. Mas valeu cada minuto dedicado”, declara o prefeito Ademário Oliveira.

 

A segunda fase da obra, prevista para ser concluída em 2018, contempla a reforma do antigo teatro que será integrado ao complexo hospitalar, aumentando o espaço físico, viabilizando a implantação de serviços de alta complexidade: medicina hiperbárica, hemodiálise e quimioterapia. Além dos benefícios para a saúde da região, a reabertura do Hospital possibilitará a geração de 560 novos empregos diretos, além de 80 médicos que compõem o corpo clínico em 25 especialidades médicas.

 “Um novo tempo começa para o Hospital de Cubatão. Os investimentos marcam uma história de excelência e compromisso com a saúde para a comunidade da Baixada Santista. Queremos ampliar a oferta de tratamentos e aperfeiçoar a qualidade da assistência prestada aos pacientes do SUS e dos convênios”, afirma o diretor executivo da Fundação São Francisco Xavier, Luís Márcio Araújo Ramos.

De acordo com o presidente da Usiminas Sergio Leite, a empresa não apenas instituiu a FSFX, como também se tornou sua principal cliente na área de serviços de saúde. “A partir dessa parceria, a FSFX consegue se desenvolver e realizar investimentos capazes de ampliar o alcance de sua atuação na comunidade. Este é um exemplo de ação social economicamente sustentável, e que expressa o compromisso da Usiminas em contribuir para o desenvolvimento das comunidades onde está presente.”

0Melhorias na infraestrutura

 primeira fase da obra incluiu as adequações e adaptações de três andares da estrutura hospitalar, buscando atender às exigências da Vigilância Sanitária e as normas regulamentadoras. Além da pintura de 7.500 m², a rede elétrica foi recondicionada, com revisão dos quadros elétricos e transformadores, troca de disjuntores, tomadas e lâmpadas, além da instalação de todos os cabos.

No térreo, a recepção foi totalmente repensada para garantir um espaço mais agradável e confortável. Conta com a triagem das gestantes, com o propósito de promover um atendimento mais qualificado, organizado e humanizado, por meio da classificação de risco. A estrutura também abriga, neste primeiro andar, outros serviços: Centro de Diagnóstico (mamografia, ultrassonografia e raio-X), Nutrição e Dietética, Lavanderia, Almoxarifado e salas administrativas.

A Fundação São Francisco Xavier

A Fundação São Francisco Xavier (FSFX) foi instituída pela Usiminas para gerenciar seus projetos de infraestrutura em saúde e educação. Atuando desde 1969, promove serviços na região leste de Minas Gerais. A Fundação administra há mais de 50 anos o Hospital Márcio Cunha, que atualmente conta com 543 leitos em duas unidades, além de uma terceira, exclusiva para o tratamento de pacientes com câncer, sendo referência para cerca de 800 mil habitantes em mais de 35 municípios do Leste de Minas Gerais. Em 2016, a Fundação assumiu a gestão do Hospital Municipal Carlos Chagas, em Itabira. Possui também mais 4 unidades de negócio: o Colégio São Francisco Xavier, a Operadora de Planos de Saúde Usisaúde, o Centro de Odontologia Integrada e o Serviço de Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente - Vita. Responsabilidade social, visão empreendedora e planejamento são os princípios básicos que norteiam a atuação da instituição, que é reconhecida pelo Conselho Nacional de Assistência Social do Ministério da Previdência e Assistência Social como uma Entidade Beneficente de Assistência Social. 

COMENTÁRIOS