Estilista e artesãs ipatinguenses representam o Vale do Aço em Feira Naciona de Artesanato

De 5 a 10 de dezembro, na Feira Nacional de Artesanato (FNA),

A convite da Fiemg, a estilista e artista visual, Vanuza Bárbara, representará o Vale do Aço, de 5 a 10 de dezembro, na Feira Nacional de Artesanato (FNA), que será realizada pelo Centro Cape, em Belo Horizonte.

Para o evento, considerado o maior do gênero da América Latina, Vanuza irá acompanhada de grupos parceiros, como o de artesãs que integram os projetos Bem Bordado e da Lumar, e o Fazendo Arte, composto por bordadeiras do bairro Bom Jardim.

Juntas, as artesãs devem ocupar mais de 20 metros quadrados, dos quais, 9 reservados à Vanuza Bárbara. A estilista apresentará ao público seu case de sucesso. Ela vai falar da sua empresa, que nasceu do artesanato produzido de forma bem primitiva, e que ganhou reconhecimento por suas características peculiares. “Desenvolvo um trabalho coletivo que valoriza o trabalho de todos que participam dos meu projetos, como as bordadeiras. Além do mais, todas as atividades relacionadas à produção das minhas coleções são focadas na geração de renda para grupos que precisavam sair do anonimato, ver o seu trabalho projetado fora do Vale do Aço. Outra característica bem própria do meu trabalho é o foco na sustentabilidade em todas as suas etapas”, sublinha Vanuza Bárbara.

A Feira Nacional de Artesanato terá um painel decorativo de 32 metros quadrados bordado pelas artesãs ipatinguenses. “Os grupos foram convidados a produzir essa peça imensa e feita com muita criatividade para compor a decoração do evento, algo que nos enche de orgulho e alegria”, comenta a estilista.

 

PÚBLICO

A Feira Nacional conta, anualmente, com cerca de 1,2 mil stands e uma média de sete mil expositores. Pelo evento, circula um público estimado em 180 mil visitantes que geram em torno de R$90 milhões em comercialização de peças.

Além de ser uma grande oportunidade de vendas para o artesão, a FNA é um espaço de contato profissional para o expositor, que no evento tem a possibilidade de fazer crescer sua carteira de clientes e, assim, estabelecer negócios futuros. O evento ainda oferece ao artesão uma programação de consultorias, com o objetivo de contribuir para o seu desenvolvimento empresarial.

Paralelamente à Feira, são oferecidas oficinas de artesanato para o público, que também pode desfrutar das muitas opções de bares, restaurantes e de uma programação diversificada de shows e de apresentações culturais.

 

 

COMENTÁRIOS